Um site sobre filmes, livros e obras de Terror

Suspiria

Suspiria_Capa

 

Ano: 1977

 

 

Direção: Dario Argento

 

 

Elenco: Jessica Harper, Stefania Casini, Udo Kier,

Alida Valli

 

Falar de Suspiria é uma missão ingrata. Se você não é um conhecedor ou fã do euro-horror e está mais acostumado com os filmes americanos, dificilmente você irá gostar da obra de Dario Argento.

Muitos fãs colocam Suspiria entre os melhores/principais filmes de terror de todos os tempos. Bastante cultuado, inegável que o filme transita no gênero cult.

Suspiria conta a história de uma bailarina americana que muda para a Alemanha para estudar em uma conceituada escola de balé. Chegando lá, ela se depara com uma série de assassinatos e fatos misteriosos que cercam a escola. Apos uma investigação mais profunda, descobre que a escola foi fundada por uma antiga bruxa grega, que usava o local para ensinar balé e magia negra. Curiosamente, a história é baseada em fatos reais, contados pela avó da atriz Daria Nicolodi, namorada e atriz de Argento em outros filmes.

O filme faz parte de uma trilogia chamada “Três Mães”, completada pelos A Mansão do Inferno e O Retorno da Maldição – A Mãe das Lágrimas. Originalmente, a escola de balé seria para meninas de até 12 anos, mas os produtores acharam que a censura não ia permitir e adaptaram para jovens bailarinas.

Dario Argento é um dos grandes nomes do horror italiano, muito conhecido pelo gênero giallo. Este foi um gênero muito popular na literatura e no cinema italiano, característico por mesclar suspense e policial, com direito a muitos assassinatos em série, assassinos com luvas, mulheres bonitas e nudez. Eram publicações baratas em capas amarelas, daí vem o nome giallo ( amarelo em italiano ). Diretor de inúmeros bons filmes, como Prelúdio para Matar, Phenomena, Demons, Tenebre e o Pássaro das Plumas de Cristal, o site Adoro Terror elegeu este filme como o primeiro representante do horror italiano a dar as caras por aqui.

Argento é um verdadeiro artesão do cinema. Escreve, dirige e cuida da composição da trilha, junto de sua banda Goblin. É meio impossível assistir um filme e em 5 minutos não descobrir que é dele. A trilha é sempre uma espécie de rock horror, algumas vezes até exagerada. Os enquadramentos são sempre bem cuidados, a fotografia sempre abusa das cores primárias com excessos de vermelho, verde e azul. A direção de arte é peculiar e as locações sempre grandiosas. O roteiro, infelizmente, é a parte mais fraca. Outro ponto negativo são algumas atuações, com over acting que beira o caricato, algumas vezes até mesmo o cômico involuntário ou ridículo.

O ponto forte de Suspiria é manter um clima onírico, sempre abrindo espaço para o sobrenatural, que se manifesta as vezes mesmo através de um simples vento forte, sem nunca perder o ritmo narrativo. A atmosfera do filme é envolvente, parecendo tratar tudo como se fosse um grande pesadelo, o que até nos faz esquecer alguns furos do roteiro ou pequenos deslizes incapazes de diminuir a grandiosidade deste memorável filme.

 

NOTA DO EDITOR: 8,5

 

CENAS MEMORÁVEIS: ( Podem conter spoiler )

  • A vitima enforcada sendo arremessada do vitral
  • O pobre pianista cego atacado pelo próprio cão-guia.

 

Suspiria_1      Suspiria_2

Suspiria_3       Suspiria_4

Suspiria_5      Suspiria_6

Suspiria_7      Suspiria_8

OBSERVAÇÃO: Este site NÃO disponibiliza filmes para download.
Qualquer dúvida ou sugestão, entre em contato através do email: contato@adoroterror.com.br

 

Compartilhe:
Facebook Twitter Email Pinterest Tumblr

One Comment

  • Fernando
    Posted 1 de abril de 2015 at 19:54 | Permalink

    Esse é bem colorido, como todos os filmes do Argento! Gosto muito!

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *