Um site sobre filmes, livros e obras de Terror

Sexta-Feira 13 ( Friday the 13th )

SextaFeira13_Parte1_Capa

 

 Ano: 1980
 





 Direção: Sean S. Cunningham
 


 


 Elenco: Betsy Palmer, Kevin Bacon, Adrienne King

 

 

E como hoje é Sexta-Feira 13, nada mais justo do que homenagear a série que me fez, de fato, gostar do gênero Terror.

Quando eu era menor, meus pais tinham uma locadora de vídeo juntos com uns tios. Na época, o sucesso eram as séries Sexta-Feira 13 e A Hora do Pesadelo, que eu via com meu irmão mais velho. Lembro que cada vez que chegava um novo filme, torcíamos que ficasse um dia sem alugar, para podermos levar para casa assisti-lo.

O filme, muito na linha de Halloween e O Massacre da Serra Elétrica, sem dúvida fortaleceu um sub gênero no Terror que se tornaria muito prolífico: o slasher. São filmes com serial killers, cheios de sangue e muitas vezes com bastante nudez gratuita.

Todos os elementos de um bom slasher estão neste primeiro filme. Bando de jovens vai passar o verão em um acampamento no Crystal Lake. Chegando lá, são misteriosamente mortos um a um. Eles descobrem então que, no passado, um garoto morreu afogado por descuido  dos instrutores do campo que estavam fazendo sexo. Parece que alguém está em busca de vingança.

Não dá para categorizar Sexta-Feira 13 como clichê, simplesmente porque foi o filme que estabeleceu uma espécie de cartilha: Sempre tem um jovem brincalhão, uma moça mais virginal para chegar até o final, uma jovem mais saidinha, nudez, sexo, mulheres correndo a noite de um psicopata, corpos que “caem” do nada na hora em que os sobreviventes estão correndo, assassinatos com variados tipos de arma, o louco que avisa todo mundo que eles irão morrer e revelações/sustos no final.

Sexta-Feira 13 é um filme simples, rodado em 28 dias e com baixo orçamento, que custou meio milhão de dólares e arrecadou quase 40 milhões pelo mundo. É um terror juvenil mas muito bem conduzido, que fala diretamente com seu público. Curiosamente, assim como A Hora do Pesadelo, também conta com um ator quase coadjuvante que se tornaria uma estrela do cinema posteriormente. Se na série do Freddy Krueger tínhamos Johnny Depp como namorado da mocinha, aqui temos Kevin Bacon como um dos jovens excursionistas do acampamento.

Seria injusto não comentar a trilha sonora, mundialmente conhecida, que dá um clima perfeito para o filme e continua martelando na sua cabeça mesmo após o final.

Considero a série excelente até o quarto filme, caindo consideravelmente do quinto em diante. A refilmagem, recente, é digna.

Uma coisa é sabida, a série não seria tão longeva se não tivesse tido um início marcante e promissor, colocando o longa entre um dos filmes mais famosos e queridos de todos os tempos pelos fãs do Terror. Obrigatório.

 

NOTA DO EDITOR: 10

 

CENAS MEMORÁVEIS: ( Pode conter spoiler )

  • A morte de Kevin Bacon, na cama, com uma lança atravessando o pescoço dele.
  • A revelação final, quando descobrimos a verdadeira identidade de Jason.
  • A cena no barco, quando vemos de fato o pequeno Jason.

 

SextaFeira13_Parte1_1      SextaFeira13_Parte1_2

SextaFeira13_Parte1_3      SextaFeira13_Parte1_4

SextaFeira13_Parte1_5      SextaFeira13_Parte1_6

 

OBSERVAÇÃO: Este site NÃO disponibiliza filmes para download.
Qualquer dúvida ou sugestão, entre em contato através do email: contato@adoroterror.com.br

 

Compartilhe:
Facebook Twitter Email Pinterest Tumblr

One Comment

  • Posted 19 de março de 2015 at 23:20 | Permalink

    Excelente site. Textos muito bons. Este é um dos filmes que além dele próprio, vale muito assistir o making of.

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *